100%

Ministério da Saúde faz apelo para tentar alcançar meta de vacinação

O inverno está chegando e, com ele, aumenta a circulação do vírus da gripe, que pode levar à morte. Preocupado com as baixas coberturas vacinais registradas na Campanha Nacional de Vacinação contra a doença, o Ministério da Saúde prorrogou a vacinação até o dia 22 de junho. Também é preocupante o número de casos e mortes registrados no Brasil em decorrência da gripe. O número de ocorrências já dobrou em comparação com o mesmo período do ano passado.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Osnei Okumoto, reforça a importância dos Estados e Municípios continuarem a vacinar os grupos prioritários, em especial, crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, público com maior risco de complicações para a doença. 

“Queridos pais, vocês sabiam que a cobertura vacinal para as crianças de seis meses até cinco anos está muito baixa? O vírus é muito letal. E as crianças que apresentam baixa imunidade terão, realmente, um agravamento muito grande gripe caso não sejam imunizadas. Desta forma, solicito que vocês, pais, levem seus filhos até uma unidade básica de saúde para que sejam vacinas. É muito importante a prevenção neste momento”, conclama Okumoto.

Cobertura vacinal
De acordo o último levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, 11,8 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar contra a gripe. Desde o início da campanha, em 23 de abril, 77,6% da população prioritária buscou os postos de saúde. A meta é imunizar 54,4 milhões de pessoas contra a gripe.

A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos Estados e Municípios, a imunização poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

Índice
As crianças de seis meses a cinco anos de idade e as gestantes registram o menor índice de vacinação contra a gripe, com cobertura de apenas 61,5% e 66%, respectivamente. A escolha dos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, concedeu coletiva de imprensa para tratar o assunto e fez um apelo para a população dos grupos de risco procurarem as unidades de saúde e se vacinarem. Em resposta a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o secretário Okumoto informou que o não alcance da meta se refere somente a baixa procura da população à vacina e não se relaciona com problemas estruturais, falta de pessoal ou de materiais e insumos nos Municípios.


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios
Protocolos desta Publicação:Criado em: 18/06/2018 - 08:29:43 por: Gilherme - Alterado em: 18/06/2018 - 08:29:43 por: Gilherme

Notícias

Primeira sessão ordinária de 2019
Primeira sessão ordinária de 2019

Anderson Joaquim dos Santos (PSD) assumiu a presidência do poder legislativo de Balneário Gaivota após ser eleito por unanimidade em dezembro de 2018.

A sessão nesta segunda-feira inicia às 18h15min e conta com uma explanação do executivo sobre a previsão orçamentária sobre os investimentos para o ano de 2019.

XXII Marcha: mais de 1200 gestores municipais já se inscreveram
XXII Marcha: mais de 1200 gestores municipais já se inscreveram

As inscrições para a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios estão a todo vapor. Gestores municipais de todo o Brasil já garantiram participação neste que é o maior evento municipalista da América Latina. Já são mais de 1200 inscrições, sendo 763 somente de prefeitos. O prefeito de Boa Vista (PB), André Gomes, já confirmou a participação dele. “Vamos participar ativamente junto com toda delegação da Paraíba”, completou. A Confederação Nacional de...

Abastecimento de água em Brumadinho e Municípios da região fica comprometido
Abastecimento de água em Brumadinho e Municípios da região fica comprometido

Preocupadas com o abastecimento de água em Brumadinho e nos demais Municípios da região, as áreas técnicas de Saneamento e Meio Ambiente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) estão buscando informações em vários órgãos do Estado de Minas Gerais sobre os possíveis impactos no abastecimento de água. O objetivo é alertar e orientar os gestores e a população. Em contato com a área de Meio Ambiente da Associação Mineira de Municípios (AMM), foi constatada a...

Gestores aguardam nova versão do Siops para homologar dados da saúde
Gestores aguardam nova versão do Siops para homologar dados da saúde

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais sobre o envio e a homologação das informações dos gastos na saúde pública, exercício de 2018. A nova versão 2.7.0 do Sistema de Informações sobre Orçamento Público em Saúde (Siops), disponibilizada pelo Ministério da Saúde neste mês, ainda não homologa os dados informados, conforme Comunicado CSIOPS 001/2019, da Coordenação do Siops. Para os gestores, a orientação é que alimentem o sistema com...

FPM: CNM divulga balanço de 2018 e perspectivas para 2019
FPM: CNM divulga balanço de 2018 e perspectivas para 2019

As notas divulgadas pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) a cada 10 dias sobre o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) possibilitam aos gestores acompanhar o comportamento e a evolução dos repasses. Com o encerramento de 2018 e início de 2019, a entidade realizou um estudo sobre os valores do ano anterior e as perspectivas para os próximos 12 meses.A conclusão é de que há um cenário econômico positivo, com histórico, indicadores e projeções otimistas, mas vale...

Saúde atualiza tabela de repasses do Piso Fixo de Vigilância Sanitária para Municípios
Saúde atualiza tabela de repasses do Piso Fixo de Vigilância Sanitária para Municípios

Nesta quarta-feira, 23 de janeiro, entrou em vigor a Portaria 75/2019, que atualiza o repasse de recursos financeiros federais referente ao Piso Fixo de Vigilância Sanitária (PF-Visa), do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde para os Estados, Distrito Federal e Municípios, destinados à execução das ações de vigilância sanitária, em função de ajuste populacional. A tabela do PF-Visa foi atualizada com base na estimativa populacional feita pelo Instituto...

Lorenzoni confirma participação do governo na XXII Marcha
Lorenzoni confirma participação do governo na XXII Marcha

Prevista para ocorrer entre os dias 8 e 11 de abril, o maior evento em número de autoridades políticas da América Latina, a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios vai coincidir com os 100 dias de governo do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na manhã desta quarta-feira, 23 de janeiro, após reunião com o governo para debater questões dos venezuelanos no Brasil, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirmou ao presidente da Confederação Nacional de...