100%

Gestores aguardam nova versão do Siops para homologar dados da saúde

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais sobre o envio e a homologação das informações dos gastos na saúde pública, exercício de 2018. A nova versão 2.7.0 do Sistema de Informações sobre Orçamento Público em Saúde (Siops), disponibilizada pelo Ministério da Saúde neste mês, ainda não homologa os dados informados, conforme Comunicado CSIOPS 001/2019, da Coordenação do Siops.

Para os gestores, a orientação é que alimentem o sistema com as informações dos gastos em saúde e aguardem uma nova versão para finalizar o procedimento. A coordenação também disponibiliza o cronograma com as datas para envio, homologação e penalidades previstas na legislação. A partir de 31 de janeiro, próxima quinta-feira, os Municípios receberão notificação automática do sistema, mas o Ministério da Saúde adiantou que adotará medidas para que nenhum Município seja prejudicado em virtude das falhas.

Ainda em 2018, a CNM encaminhou ofício à pasta informando as dificuldades que os gestores municipais estavam passando com o Siops: instabilidade das versões, queda no sistema e impossibilidade de envio e homologação dos dados. Considerando a instabilidade da plataforma, a Confederação solicitou ao então ministro da Saúde a prorrogação dos prazos e a suspensão das penalidades, o que não foi atendido e justificado pela pasta como consonância com a legislação vigente.

O que diz a lei
De acordo com o paragráfo 3º do art. 39 da Lei Complementar 141/2012, o Ministério estabelecerá as diretrizes para o funcionamento do sistema informatizado, “bem como os prazos para o registro e homologação das informações no Siops”. O Decreto 7.872, de 16 de outubro de 2012, em seus art. 4º e 5º ratifica que é o Ministério da Saúde responsável por estabelecer os prazos, divulgá-los, desenvolver e disponibilizar o sistema.

Por fim, de acordo com o art. 456 da Portaria de Consolidação 1/2017 do Ministério da Saúde, o prazo para declaração, homologação e transmissão dos dados é de até 30 (trinta) dias após o encerramento de cada bimestre, observando o mesmo prazo estabelecido no art. 52 da LRF (Lei 101/2000).

Situação atípica
Por se tratar de uma questão atípica, a CNM tem, desde o ano passado, buscado o Ministério da Saúde para encontrar uma solução conjuntamente e evitar a inscrição no Cauc e suspensão das transferências constitucionais e voluntárias. A entidade continua acompanhando a situação e solicita um olhar e tratamento diferenciado para o problema.

Desde o 1º semestre de 2018, as versões disponibilizadas apresentam instabilidade, prejudicando os Municípios no envio e na homologação dos dados dos gastos com a saúde pública. Além de manter o sistema funcionando normalmente, a pasta deve revisar os prazos e a suspensão temporária das penalidades que podem ser atribuídas aos entes.

Da Agência CNM de Notícias

 


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios
Protocolos desta Publicação:Criado em: 24/01/2019 - 15:11:44 por: Arleu - Alterado em: 24/01/2019 - 15:11:44 por: Arleu

Notícias

Primeira sessão ordinária de 2019
Primeira sessão ordinária de 2019

Anderson Joaquim dos Santos (PSD) assumiu a presidência do poder legislativo de Balneário Gaivota após ser eleito por unanimidade em dezembro de 2018.

A sessão nesta segunda-feira inicia às 18h15min e conta com uma explanação do executivo sobre a previsão orçamentária sobre os investimentos para o ano de 2019.

XXII Marcha: mais de 1200 gestores municipais já se inscreveram
XXII Marcha: mais de 1200 gestores municipais já se inscreveram

As inscrições para a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios estão a todo vapor. Gestores municipais de todo o Brasil já garantiram participação neste que é o maior evento municipalista da América Latina. Já são mais de 1200 inscrições, sendo 763 somente de prefeitos. O prefeito de Boa Vista (PB), André Gomes, já confirmou a participação dele. “Vamos participar ativamente junto com toda delegação da Paraíba”, completou. A Confederação Nacional de...

Abastecimento de água em Brumadinho e Municípios da região fica comprometido
Abastecimento de água em Brumadinho e Municípios da região fica comprometido

Preocupadas com o abastecimento de água em Brumadinho e nos demais Municípios da região, as áreas técnicas de Saneamento e Meio Ambiente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) estão buscando informações em vários órgãos do Estado de Minas Gerais sobre os possíveis impactos no abastecimento de água. O objetivo é alertar e orientar os gestores e a população. Em contato com a área de Meio Ambiente da Associação Mineira de Municípios (AMM), foi constatada a...

Gestores aguardam nova versão do Siops para homologar dados da saúde
Gestores aguardam nova versão do Siops para homologar dados da saúde

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais sobre o envio e a homologação das informações dos gastos na saúde pública, exercício de 2018. A nova versão 2.7.0 do Sistema de Informações sobre Orçamento Público em Saúde (Siops), disponibilizada pelo Ministério da Saúde neste mês, ainda não homologa os dados informados, conforme Comunicado CSIOPS 001/2019, da Coordenação do Siops. Para os gestores, a orientação é que alimentem o sistema com...

FPM: CNM divulga balanço de 2018 e perspectivas para 2019
FPM: CNM divulga balanço de 2018 e perspectivas para 2019

As notas divulgadas pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) a cada 10 dias sobre o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) possibilitam aos gestores acompanhar o comportamento e a evolução dos repasses. Com o encerramento de 2018 e início de 2019, a entidade realizou um estudo sobre os valores do ano anterior e as perspectivas para os próximos 12 meses.A conclusão é de que há um cenário econômico positivo, com histórico, indicadores e projeções otimistas, mas vale...

Saúde atualiza tabela de repasses do Piso Fixo de Vigilância Sanitária para Municípios
Saúde atualiza tabela de repasses do Piso Fixo de Vigilância Sanitária para Municípios

Nesta quarta-feira, 23 de janeiro, entrou em vigor a Portaria 75/2019, que atualiza o repasse de recursos financeiros federais referente ao Piso Fixo de Vigilância Sanitária (PF-Visa), do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde para os Estados, Distrito Federal e Municípios, destinados à execução das ações de vigilância sanitária, em função de ajuste populacional. A tabela do PF-Visa foi atualizada com base na estimativa populacional feita pelo Instituto...

Lorenzoni confirma participação do governo na XXII Marcha
Lorenzoni confirma participação do governo na XXII Marcha

Prevista para ocorrer entre os dias 8 e 11 de abril, o maior evento em número de autoridades políticas da América Latina, a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios vai coincidir com os 100 dias de governo do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na manhã desta quarta-feira, 23 de janeiro, após reunião com o governo para debater questões dos venezuelanos no Brasil, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, confirmou ao presidente da Confederação Nacional de...